O relatório do estado DevOps – versão 2017

Saiu o tão esperado relatório The State of DevOps Report 2017, da empresa Puppet Enterprises. Este relatório, que compilou mais de 27000 respostas ao longo dos últimos 6 anos, é um trabalho extenso e apresenta os principais benefícios da adoção de práticas DevOps para a sua empresa.

 

Alguns achados interessados do relatório incluem.

 

1. A importância da liderança transformacional nas organizações que querem realizar DevOps. A liderança incluem visão, estimulação intelectural, comunicação inspiracional, suporte e reconhecimento pessoal.
Captura de Tela 2017-06-08 às 18.07.42
 2. As práticas de liderança transformacional estão positivamente correlacionadas com a implantação de práticas DevOps. E estas práticas de liderança e de DevOps estão associadas a produtos melhores, menos problemas em produção e maior performance da sua TI.
Captura de Tela 2017-06-08 às 17.53.54
3. Empresas de alta performance apresentam uma diferença gigante das empresas de baixa performance, conforme pode ser observado no quadro abaixo.
Captura de Tela 2017-06-08 às 17.53.59
Isto é, empresas que praticam DevOps entregam software em produção com muito mais frequência, possuem tempo de ciclo de mudanças muito menor, se recuperam mais rapidamente de incidentes e ainda possuem menor taxa de defeitos em produção.
4. Que práticas DevOps reduzam o volume de trabalho manual em muitas disciplinas técnicas. A tabela abaixo mostra o % de trabalho manual por disciplina para os diversos tipos de empresas.
Captura de Tela 2017-06-08 às 17.54.11
5. Atacar o mito que para fazer DevOps você precisa estar trabalhando com novas tecnologias e usar ambiente de nuvens. Os autores evidenciam que o DevOps pode funcionar em qualquer tipo de ambiente.
“It doesn’t matter if your apps are greenfield, brownfield or legacy — as long as they are architected with testability and deployability in mind, high performance is achievable. We were surprised to find that the type of system — whether it was a system of engagement or a system of record, packaged or custom, legacy or greenfield — is not significant. Continuous delivery can be applied to any system, provided it is architected correctly.”

6. Mostrar a importância de entregar produtos em pequenas partes, colher feedback continuamente dos clientes e melhorar. Qualquer semelhança com MVP não é mera coincidência. O relatório evidencia a importância da entrega contínua para a melhoria do desempenho das TIs. A respeito, recomendo a leitura do livro abaixo. Um clássico já!
41db4qikfil-_sx348_bo1204203200_

7. Apontar a importância do desenho de arquiteturas fracamente acopladas para melhoria de práticas DevOps e a performance da sua TI.

E que venham os microsserviços.

 Observei ainda que houve neste ano um maior rigor estatístico, com o uso de métodos como análise de clusters para classificação de organizações, modelos de equações estruturais para estabelecer correlações e causas e outros modelos estatísticos de regressão (Linear e PLS). Econometria na TI. Isso é muito bom! Em termos simples, isso dá sustentação para você apresentar os números para os céticos na sua organização que ainda não acreditam em DevOps.
O relatório está disponível aqui.  State of DevOps Report, 2017

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s